Instalando Wine e o Fireworks ( Ubuntu GNOME 17.04 )

Hoje domingo resolvi instalar o Wine ( https://www.winehq.org ), um aplicativo que executa os programas do SO Windows em outros sistemas operacionais, entre eles o Ubuntu GNOME 17.04.
Vou considerar que o objetivo foi atingido, se conseguir rodar o Fireworks, porque eu ainda não me sinto confortável com as alternativas disponíveis para Linux.

O “emulador”, nem sei se pode ser chamar o Wine assim, pode ser baixado pelo site ( https://www.winehq.org/download  ),  vou usar o terminal do Ubuntu para essa tarefa, acompanhe:

Abra o terminal ( CRTL + T )  e digite:

$ sudo dpkg –add-architecture i386
$ wget https://dl.winehq.org/wine-builds/Release.key
$ sudo apt-key add Release.key
$ sudo apt-add-repository https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install –no-install-recommends winehq-devel

(Aqui se você quiser pode substituir por winehq-stable para baixar a versão estável )

Dependendo da sua internet isso pode demorara pouco.

$ sudo apt-get update

E pronto já temos o Wine instalado.

Vamos testar, no terminal escreva:

$ wine notepad.exe

Um aviso mostrando que a pasta /home/<seu_usuario>/.wine esta sendo atualizada aparece e outro aviso informa que wine não pode encontrar o pacote Mono (aplicativos .NET), para uma maior compatibilidade com aplicativos windows permita a instalação do Mono, clicando em Instalar.
Ao terminar essa instação o bloco de notas do WINDOWS já deve estar rodando no seu Ubuntu GNOME.
Veja:
bloco-notas

Um outro aviso para instalar o Gecko para aplicativos com HTML, eu optei por instalar.

$ cd /home/<seu_usuario>/.wine
$ ls

O que interessa para nós a principio é o diretório drive_c, esse é o emulador do seu driver C:\ do seu Windows

$ cd drive_c
$ ls
$ cd windows

Aqui encontramos o diretório Windows de dentro dele alguns programas, incluindo ai o notepad.exe que nós executamos a pouco. Teste por exemplo o explorer.exe, sempre colocando primeiro o wine e o nome completo do programa.

$ wine explorer.exe

Ignore algumas mensagens que aparecem no terminal.

Vamos ver agora algumas configurações digite:

$ winecfg
configura-wine

Ai você pode configurar as opções do seu Wine, pastas, áudio, versão Windows, as unidades ( clicando no botão [Auto Detectar] uma letra H: por exemplo é atribuída a sua pasta /home/<seu_usuario>/ )
Um leitor de CD por exemplo pode ser disponibilizado clicando em [Adicionar] e escolhendo no seu dispositivo onde você monta a sua unidade.

Após as suas personalização só clicar em Aplicar.

Temos ainda um gerenciador de arquivos do Wine digite no terminal:

$ winefile

gerenciador-arquivos

Hehehe.. Me perdoem mas tive que dar dois cliques no iexplorer.exe e rodar no Ubuntu GNOME 17.04 o Internet Explorer.
Daqui para frente após as instalação e configuração do Wine ter sido feita com sucesso, vamos ver se consigo atingir o objetivo que era executar o Fireworks no Ubuntu GNOME.

Eu tenho uma versão “Portable” do aplicativo “Fireworks CS6 “.

Não fui muito feliz na tentativa, até rodou mas os menus não aparecem, e ao tentar abrir um arquivo um erro faz com que o programa seja encerrado.
Fireworks-nao

Mesmo assim o Wine é uma excelente opção para executar seus programas Windows em outro Sistema Operacional

Esse post ainda vai ser atualizado….

 

– – / / – –

—- [ Conheça nosso sistema de gestão comercial: POWER Admc ] —-

https://poweradmc.wordpress.com/

Anúncios

Sobre Carlos Susviela

Programador (Desktop / web) WebDeveloper (Sistemas e páginas internet) Técnico Informática / Criptomoedas http://www.PowerInformatica.com.br --------------------------- Torcedor: S.C. Internacional / RS / Brasil
Esse post foi publicado em Computadores e a Internet, linux, ubuntu e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Instalando Wine e o Fireworks ( Ubuntu GNOME 17.04 )

  1. LAZARO CASTRO disse:

    Conseguiu fazer o fireworks funcionar depois desse experimento?

  2. Origado por compartilhar.
    Qual versão do wine você utilizou?

    • Olha só … desculpe a falha no texto em não ter colocado a versão utilizada. E o pior ainda, instalei recentemente o Ubuntu 17.10 e não tenho certeza, mas se não me engano a versão que foi utilizada nesses texto era a 2.1.

      Já temos versões mais atualizadas e estáveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s