Microsoft força usuários a atualizar Messenger por falha de segurança

 Microsoft força usuários a atualizar Messenger por falha de segurança
Por IDG News Service/EUA
Publicada em 14 de setembro de 2007 às 09h47
Nova York – Usuários serão obrigados a migrar para a versão 8.1 do Windows Live Messenger para poder se autenticar no sistema.
A Microsoft está forçando os usuários do Windows Live e MSN Messenger a atualizar os softwares para a versão mais recente graças a uma correção de segurança, segundo um post em um blog da Microsoft.
Qualquer usuário rodando as versões 6.2, 7.0 e 7.5 do MSN Messenger ou do Windows Live Messenger 8.0 será guiado por um processo de atualização para o Windows Live Messenger 8.1 ao tentar fazer o login no serviço, segundo a mensagem do gerente de produto de segurança da Microsoft, que assina "Anand".
O processo substitui a notificação opcional de atualização que era exibida aos usuários dessas versões do software desde janeiro, segundo o gerente.
“Alguns de vocês podem achar que é inconveniente, mas é para protegê-los e para proteger a saúde da rede que escolhemos dar esse passo”, diz o post.
A vulnerabilidade no Messenger, que permite aos hackers embutir códigos maliciosos em convites para chats, foi divulgada em agosto. Ela afeta o MSN Messenger nas versões 6.2, 7.0 e 7.5, bem como o Windows Live Messenger 8.0.
A Microsoft corrigiu o problema em versões mais antigas do Messenger como parte do seu ciclo mensal de atualizações na última terça-feira (11/09), o que significa que os usuários das versões afetadas poderiam, em tese, apenas instalar a correção para se proteger da ameaça.
No boletim de segurança sobre a correção, a empresa recomendou que usuários do Windows XP e Vista migrassem para o Windows Live Messenger 8.1, mas sugeriu vagamente que poderia tornar a atualização obrigatória.
“Se você não migrar para uma versão não-afetada do MSN Messenger ou do Windows Live Messenger, dependendo da sua plataforma, você será notificado sobre a atualização a cada tentativa de autenticação”, disse a empresa. “Se você não aceitar a atualização, você pode não ser autorizado a acessar os serviços MSN Messenger ou Windows Live Messenger".
Aparentemente, a empresa mudou de idéia na quarta-feira e tornou a atualização obrigatória.
Elizabeth Montalbano, editora do IDG News Service, de Nova York

Sobre Carlos Susviela

Programador WebDeveloper (Sistemas e páginas internet) Técnico Informática --------------------------- Torcedor: S.C. Internacional / RS / Brasil
Esse post foi publicado em Computadores e a Internet. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Microsoft força usuários a atualizar Messenger por falha de segurança

  1. Thais disse:

    Pra coisas semrem bem feitas é necessario passar as informações por completo,eu recebi mais de um email e não consigo acessar o link no qual deveria me direciona para o devido serviço de atualização,e ainda corro o risco do email ser cancelado!

  2. Carlos disse:

    Meu windows live está atualizado, porém quando estou digitando somem algumas letras, o que deve fazer?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s